11 de abril de 2017

Reportagem: Uma nova marca “protetora” dos oceanos

Portugal poderá em breve tornar-se num dos líderes mundiais na conservação dos oceanos. É esse o objetivo da Fundação Oceano Azul, que acaba de nascer pelas mãos da Sociedade Francisco Manuel dos Santos, e que pretende desenvolver vários atividades que permitam a coexistência do desenvolvimento humano e a proteção dos oceanos.

A entidade, que conta com uma dotação de 30 milhões de euros, atribuída precisamente pela Sociedade Francisco Manuel dos Santos, nasce, assim, com a vontade de reaproximar Portugal do mar e de ajudar o país a exercer um papel de liderança na agenda europeia e mundial dos temas ligados ao mar.

Nesta reportagem “mergulhamos” na missão desta nova marca que promete preservar uma das maiores riquezas, naturais e económicas, do país. Mas também entramos nos bastidores da apresentação da fundação, que, por si só, pretendeu mostrar em pleno Convento do Beato, em Lisboa, a dimensão e relevância da entidade. A Multilem, empresa responsável pela organização e coordenação do evento, explica-nos o conceito pensado para a iniciativa e a complexidade em termos de produção.

Avalie este artigo 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
1 votos
Loading ... Loading ...
Jornalista: Francisco Branco; Imagem e Edição; Rui Rodrigues

Comentários (0)

Escreva o seu nome e email ou faça login com o Facebook para comentar.